A versão italiana do Arroz de Forno

A versão italiana do Arroz de Forno

Hoje vamos te ensinar a fazer a versão italiana do Arroz de Forno, não muito diferente daquela brasileira leva só alguns ingredientes diferentes, mas lembre-se: a qualidade dos produtos utilizados é sempre o ponto mais importante de qualquer receita italiana.

O arroz, se de boa qualidade, ajuda a criar um prato rico e saboroso. Junto com o queijo mozzarella derretido irá conquistar a todos e é um prato ideal para preparar um dia antes dele ser consumido. Vamos então a receita:

Ingredientes para o Arroz de Forno (4 pessoas)

  • 350 gramas de arroz (recomendamos um que mantém bem o cozimento como o arroz parboilizado)
  • 400 ml de passata ou concentrado de tomate
  • 100 gramas de ervilhas congeladas
  • 1 cebola pequena
  • 4 colheres de sopa de queijo ralado
  • 300 gramas de mussarela fresca
  • Azeite extravirgem
  • Sal e farinha de rosca a gosto

Preparação do Arroz de Forno

Comece preparando o molho de tomate: esquente 3-4 colheres de sopa de óleo em uma panela, adicione a cebola cortada em fatias finas e o concentrado de tomate. Cozinhe por cerca de 10 minutos e, em seguida, adicione as ervilhas ainda congeladas na panela.

Deixe cozinhar por 10 minutos, ajustando no sal. Enquanto isso, cozinhe o arroz em água e sal, escorra e lave-o com água fria. Tire a água e reserve. Tempere então o arroz com 2/3 do molho de tomate e ervilhas e misture bem.
Unte uma assadeira com um pouco de óleo e polvilhe com a farinha de rosca. Despeje metade do arroz na assadeira, nivelando-os bem com uma colher e adicione com a mussarela cortada em cubos.
Cubra tudo com a outra metade do arroz, o molho restante e uma porção generosa de queijo ralado.

Cozinhe o Arroz de Forno em um forno pré-aquecido a 200 graus por cerca de 20-25 minutos. Deixe esfriar um pouco antes de servir.

Dicas de harmonização do Arroz de Forno e vinhos italianos

Este prato vai bem com vinho tinto de corpo médio como o Aglianico, frisante e/ou um Novello, em especial, com os vinhos produzidos na Sicília. Além de combinar com vinhos branco secos, como por exemplo o Pecorino e o Soave.

(fonte imagem: http://blog.giallozafferano.it/mastercheffa/)

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *