Picanha, a rainha do Brasil

Picanha, a rainha do Brasil

O Brasil é com certeza conhecido no mundo pela alta qualidade de sua carne. A competição  neste campo com a vizinha Argentina é histórica e não somente neste campo. Eu ainda não tive oportunidade de experimentar a carne argentina mas posso afirmar que dificilmente será melhor que a carne que vem do sul do Brasil.

Quando eu converso com amigos brasileiros aqui na Itália, a gente acaba sempre falando de churrasco e de seu exemplar mais representativo: a picanha. Enfiada em um longo espeto como uma espada, coberta por uma camada espessa de gordura que lhe dá sabor e consistência, é feita com sabedoria no churrasco e é o prato mais comum e mais usado pelo brasileiros em festas e encontros.  Todos sabem como cozinhar esta carne, todos apreciam o seu sabor e as suas inúmeras receitas: no churrasco, assada, com alho, com diversos molhos,  no sal grosso, na manteiga, gaúcha ou mineira e tantas mais.

Como todas as carnes, a picanha também combina muito com vinho tinto e aconselhamos esta combinação, sobretudo a quem não gosta da sensação de inchaço que a cerveja causa. A combinação pode variar dependendo do modo pelo qual a carne vem preparada. Se você gosta da carne como eu gosto, muito mal passada, então te aconselhamos escolher um Merlot ou um Montepulciano d’Abruzzo. Para carnes grelhadas ou as feitas no churrasco, caracterizadas por uma tendência doce e uma suculência marcada, são preferíveis vinhos tintos jovens, levemente tânicos, servidos em uma temperatura que varia entre 16 e 18 graus. Na verdade, os taninos e a tendência ácida destes vinhos equilibram o prato dando a ele uma harmonia.

Mas se você prefere carnes assadas ou com algum tipo de molho, é aconselhável combinar um vinho como o Lambrusco, vinho não muito tânico mas mais saboroso e ácido. Geralmente, tal método de cozimento tende a secar a carne e a aumentar a sensação de gordura na boca, por isso, um vinho tinto jovem ajuda a tirar este gosto da boca.

Para mais informações, visite as páginas dedicadas a estes vinhos no nosso site.
Montepulciano d’Abruzzo
Lambrusco

Saúde!

Também poderá te interessar:

  1. O MUNDO DO CHIANTI
  2. COMO ESCOLHER UM BOM LAMBRUSCO
  3. MEDALHAO AO MOLHO MADEIRA E BRUNELLO
  4. BIFE A MILANESA!

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *