Malbec, um sucesso argentino

Malbec, um sucesso argentino

Já que no Brasil só se fala de Malbec, vamos pôr alguns pontos nos iis: 

Malbec é uma casta de uva originária da região francesa de Quercy, que por anos foi esquecida e pouco cultivada para promover a até então mais nobre, uva Merlot. A virada veio na década de ’90, quando o produtor argentino Nicolas Catena Zapata decide plantar esta vinha a 1.500 metros acima do nível do mar e produz um vinho que é inserido nas listas dos melhores vinhos ao redor do mundo. Em 1996, o vinho Malbec obtem o reconhecimento que merece, graças a Bodegas Esmeralda Malbec Mendoza Catena Alta Lunlunta 1996

O grande sucesso deste vinho é a bandeira da vizinha Argentina. A altitude da Cordilheira dos Andes promove e caracteriza a complexidade aromática deste vinho e as chuvas garantem a irrigação. Os melhores vinhos Malbec são produzidos na região do Rio Negro, ao sul de Mendoza, perto da Cordilheira dos Andes, onde o clima é mais frio do que em outros lugares.

O Malbec argentino tem diferença significativa em relação ao francês, produzido hoje na área de Cahors. Seu sabor tende a ser mais doce e frutado, com uma textura aveludada. Em contrapartida, o Malbec Francês é cheio de taninos, é mais denso e estruturado.

Até os italianos começaram a produzir Malbec na Argentina. No Valle de Uco, a sudeste de Mendoza, três produtores/empreendedores fundaram a Makia, uma vinícola que produz Malbec: 100 hectares de vinhas, 3.500 toneladas de uvas para a produção de 180 mil garrafas. O vinho Malbec Makia é um vinho que é quente no palato, macio, de boa estrutura e persistência; ao olfato é muito complexo com notas de cereja e frutas vermelhas bem marcadas.

Harmonizações com o vinhos Malbec

É óbvio dizer que o vinho Malbec argentino combina perfeitamente com carnes vermelhas grelhadas. Mais especificamente: vinhos Malbec mais jovens combinam bem com salames e molhos a base de carne (especialmente carne de porco); vinhos Malbec envelhecidos combinam melhor com carnes vermelhas e brancas assadas.
O vinho Malbec francês, pelo contrário, é um vinho mais de meditação.

Também poderá te interessar:

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *