As características das uvas de vinhos tintos

VINHOS TINTOS

Um conhecimento, mesmo que superficial, das uvas e de suas características vai nos tornar mais conscientes na hora de comprarmos um vinho. Para saber o que nos espera atrás de um rótulo e de um nome.

Relatamos neste artigo as castas de vinhos tintos mais populares na Itália:

1. Sangiovese: é uma uva que possui a pele muito fina e uma maturação muito longa. Os principais exemplos de vinho italianos produzidos com esta uva são: Chianti e Chianti Classico, Brunello di Montalcino e Rosso di Montalcino. Os vinhos produzidos pelas uvas Sangiovese apresentem algumas constantes como a cor opaca e aromas que recordam cereja, ameixa, morango, canela e baunilha, deixando no paladar um singelo toque de amargo.

2. Nebbiolo: é uma uva que nasce na região do Piemonte. Os vinhos produzidos por esta uva como o Barolo e Barbaresco são muito conhecidos na Itália e em outros países no mundo pela personalidade e elegância. É uma uva apropriada para envelhecimento, os seus vinhos são caracterizados por um elevado teor de álcool e acidez, além de serem ricos de taninos ásperos mas  que resultam refinados e elegantes.

3. Barbera: rico em aromas com notas de fruta vermelhas e elevada acidez na boca.

4. Cabernet Sauvignon: os vinhos produzidos por esta uva são de grande qualidade e longevidade. Na Itália e como em outros países, a uva vem usada pura ou misturada com outras como no caso do Merlot. Podemos individuar algumas principais características: cor muito vermelha, um sabor característico de cedro e groselha, uma boa acidez e ótima estrutura. Desta uva nasce um dos melhores vinhos italianos, o Amarone Della Valpolicella.

5. Cabernet Franc: estas uvas são típicas do nordeste de Itália, produz vinhos muito encorpados, caracterizados de uma boa estrutura e um rico buquê de aromas (alcaçuz, musgos, frutas vermelhas) com um gosto doce e prazeroso.

6. Merlot: é frequentemente utilizado com Cabernet Sauvignon. Quando sozinha, esta uva dá vida a vinhos jovens e suavemente ácidos, de cor vermelho rubi pouco intensa com reflexos violeta

7. Pinot Noir: é considerado uma das uvas mais nobres (sua única possível rival é provavelmentea uva Nebbiolo). O seu maturamento é muito complexo e o vinicultor deve prestar muita atenção na colheita porque o seu excessivo maturamento envolve uma quebra dos ácinos. Se sabe que na maioria das vezes se obtêm uma boa colheita de 5 em 5 anos. O Pinot Noir possui uma forte acidez caracterizada por conteúdo reduzido de taninos. A permancência num barril contribuirá para aumentar a sua estrutura.