A receita original da massa à carbonara

A receita original da massa à carbonara

Fomos procurar a receita da carbonara em alguns sites brasileiros e notamos quanto a receita original italiana foi modificada ou até mesmo distorcida completamente. Sabendo disto e em perfeita harmonia com a missão do nosso blog, temos o dever de colocar aqui a verdadeira receita para a pasta alla carbonara!

A receita é simples, aliás a simplicidade é a característica principal dos pratos italianos. No entanto, se você não seguir algumas regras básicas, vai ser muito fácil obter um resultado não desejado.

…Algumas regrinhas básicas…

  1. utilize um ovo por pessoa, mas você também pode exagerar acrescentando um ovo para a soma de pessoas (por exemplo, para 4 pessoas usamos 4+1 ovos);
  2. como tipo de macarrão, use o espaguete mas tem que ser uma massa sem ovos
  3. o queijo deve ser o pecorino romano (a carbonara tem suas origens em Roma, nós respeitamos as tradições!) e apenas no caso de você não conseguir encontrar este queijo, use então o parmesão
  4. … e serão cerca de 80g de queijo ralado por pessoa.
  5. por fim, não use creme de leite!

…ingredientes para 4 pessoas…

  • 350g de espaguete
  • 1 dente de alho
  • 1 ovo inteiro + 4 gemas
  • 200g de bacon/pancetta, cortado em cubos
  • 350g de queijo pecorino romano
  • azeite
  • sal e pimenta a gosto

Em uma panela, frite o alho e o bacon no azeite e em uma outra panela coloque para ferver a água para fazer o espaguete. Em uma tigela, bata o ovo inteiro e as gemas com sal, pimenta e cerca de 2/3 do queijo ralado, até obter uma mistura espumosa. Lembre-se de desligar o fogo assim que o bacon estiver cozido: os cubos não deve queimar.

Quando a água ferver, jogue o espaguete certificando-se de cozinhá-los apenas um minuto a menos do que o indicado (geralmente bastam 10 minutos). Reacenda o fogo da panela com o bacon e enquanto isso escorra a massa, deixando um pouco da água do cozimento. Despeje o macarrão na panela com o bacon, acrescentando a mistura de ovos/queijo e água de cozimento. Cozinhe por cerca de um minuto para que a massa absorva o molho.
Desligue o fogo e sirva o espaguete com o queijo restante.

…Agora vamos para os vinhos…

Recomendamos um vinho branco, considerando os sabores intensos e gordurosos do bacon, os ovos e o salgado do queijo. Um vinho branco fresco e sápido, com uma boa estrutura e maciez como um Pinot GrigioSauvignon ou um Greco di Tufo. Se você simplesmente não consegue ficar sem um vinho tinto, recomendo então um tinto frisante, jovem e fresco como um Bonarda ou um Lambrusco.

Algumas das receitas mais preparadas na Itália com o espaguete:

 

likeCurtindo a nossa Pagina FB e você pode sempre ser atualizado sobre as nossas novas dicas!

Também poderá te interessar:

(Fonte imagem: http://it.wikipedia.org/wiki/Pasta_alla_carbonara)

87 Comments

  1. Me senti na obrigação de escrever para apoiar o seu texto: carbonara não leva creme de leite!
    Um carbonara correto é uma delícia.

    Reply
    • Oi Rodrigo,

      Muito obrigada pela sua consideração. Realmente é difícil encontrar as receitas originais pela internet ultimamente, tem sempre alguma variação. Esperamos que com o Pecado de Vinho possamos indicar somente as receitas da nonna 🙂

      Parabéns pelo seu blog!
      Abraços.

      Reply
    • Tampouco leva Bacon, se a receita se propõe a ser correta, deve ser feita com Guanciale.

      Reply
      • Exacto! Mas acho que è muito dificil encontrar o guanciale no Brasil.

        Reply
  2. Que legal a proposta do blog. Adoro os vinhos e a cultura da Itália.

    Parabéns!

    Reply
    • Olá Marcelo!
      Muito obrigada por nos visitar e pelos seus comentários.
      Vamos verificar a possibilidade de inserir o mapa, pode ser bem útil pra gente agora que estamos começando. Vimos que é possível cadastrar o blog no seu site também e iremos fazer isso 🙂

      Obrigada mais uma vez e se estiver interessado em uma troca de links também, é so avisar.
      Abraços.

      Reply
        • Oi Marcelo,
          Cadastramos o nosso blog no link que vc indicou. Colocamos o seu link também no nosso blogroll.
          Mais uma vez obrigada e sucesso!
          Grande abraço,
          Bruna

          Reply
  3. A diferença aqui é que vcs respondem o que escrevemos, isso além de ser muito educado é um compromisso com o leitor do blog. Parabéns

    Reply
    • Muito obrigada Rodrigo,
      E’ muito bom poder conversar e trocar informações sobre o que mais gostamos com os nosso leitores.
      Esperamos que o blog seja sempre útil porque comidinhas e vinhos são a nossa paixão.
      Grande abraço.

      Reply
  4. O bacon deve ser defumado? ou pode ser aquele congelado?

    Obrigada

    Reply
    • Ola Karoline, é melhor o congelado porque o defumado é muito forte e deixaria o prato muito pesado.
      Mais dúvidas é so nos perguntar.
      Abraços

      Reply
  5. Em que momento se deve colocar o dente de alho? Para fritar com o bacon? Na mistura de ovos?

    Reply
    • Olà Faust, esquecemos do alho!!! O alho deve ser fritado com o bacon para fazer aquelo que aquì na Italia chama-se soffritto.
      Obrigado pelo comentários, agora vou a modificar o artigo também!!

      Reply
  6. A receita original realmente foi uma ideia mameirissima. Pretendo fazer nesa semana mas só uma dúvida, de que forma voce aconselha talar o queijo, rslo grosso ou fino (tipo pacote de queijo ralafo)? Parabens pelo blog.

    Abraco,

    Reply
    • Oi Joao, tudo bem?

      Que bom que voce gostou. Entao, melhor sempre queijo ralado mesmo, como aquele do pacotinho 🙂

      Abraços

      Reply
  7. Só tenho uma duvida. Não vai mesmo cebola?

    Reply
    • Olá Aline,
      A receita original não leva cebola.
      Se quiser você pode colocar, mas a original italiana não leva 🙂
      Se tiver mais dúvidas, escreva pra gente!

      Reply
  8. Olá, pessoal!

    Estava procurando uma receita de carbonara para o almoço de hoje e encontrei esta, que casou certinho com o que tinha na geladeira. Apenas experimentei fazê-la com spaghetti fresco, e ficou deliciosa.
    Parabéns pelo blog! Dá água na boca em cada post, hahaha

    Reply
    • Oi Tati!
      Muito obrigada, ficamos super contentes que a receita deu certo e você gostou 🙂
      Se tiver alguma receita italiana que você queria e ainda não viu aqui no blog, escreva pra gente.
      Abraços!

      Reply
  9. Brunigna!
    Eu fiz sem cebola! E não fez diferença mesmo! XD

    O problema é que fiz quantidade para 8 pessoas, e cozinhar o espaguete sem ele grudar é impossível! Existe algum truque?

    E pq tem que ser uma massa sem ovos?

    Reply
    • Oi Aline 🙂
      A massa com ovos tende a grudar mais e ela não é usada para a Carbonara porque a receita já contem ovos o bastante, melhor não exagerar.
      Um truque legal para fazer com que a massa não crude, é não deixá-la cozinhar demais e tirar um pouquinho antes do tempo de cozimento estabelecido (geralmente essa informação é presente na confecção da massa), você irá ter então a famosa massa al dente.
      Você pode também adicionar um fiozinho de azeite e uma xícara da água do cozimento da massa quando você estiver misturando ela com os ovos. Isso também vai ajudar a massa não ficar “grudenta”.

      Se você mais dúvidas, estamos por aqui 🙂
      Abraços!

      Reply
  10. Olá, é a primeira vez que vou fazer, realmente as receitas que pesquisei na internet saem muito fora do que é o original, vou fazer e posto aqui o resultado 🙂

    Reply
    • Ola Karina, depois conta pra gente como ficou.
      Abraços 🙂

      Reply
  11. Fiz a receita e ficou muito boa! Recomendo fortemente utilizar pecorino! Obrigado por colocar essa receita!

    Reply
    • Bom dia Raquel, que legal que voce gostou, o pecorino é delicioso mesmo 🙂
      Um grande abraço!

      Reply
  12. Boa noite!!!
    Estava procurando uma receita para fazer amanhã no almoço,sempre ouvi falar da carbonara,mas todas as receitas que havia anotado não eram originais,que maravilha encontrar este site.
    Sucesso para vcs!!

    Reply
    • Oi Debora, obrigada pelo comentário! Depois fala pra gente como ficou a receita, abração!

      Reply
  13. Olá!
    O carbonara que faço em casa fica mais seco, com o ovo mais cozido e o queijo aparente. Meus amigos adoram.
    Tenho visto por aí um carbonara bem cremoso, com o ovo praticamente cru.
    Como nunca comi um carbonara na Itália, fiquei em dúvida sobre a forma original de fazê-lo.
    Como é feito o clássico por lá?
    Obrigado!
    Marcos

    Reply
    • Oi Marcos, tudo bem?
      A forma feita aqui na Itália é exatamente esta que indicamos na receita.
      O ovo não pode absolutamente ficar cozinho, uma vez que você mistura a massa com os ovos eles irão cozinhar um pouco com a agua que sobrou do cozimento da massa mas logo o prato precisa ser servido. O segredo da carbonara é próprio a sua cremosidade.

      Se você tiver mais dúvidas, escreva pra gente!
      Abraços

      Reply
  14. Olá parabéns pela iniciativa. Só tenho 2 observações sobre o verdadeiro Carbonara Romano. Se você usar 5 ovos, tem que ser 4 gemas e somente 1 ovo utiliza ele todo, não coloca 5 ovos com clara, e na Itália não utiliza alho, somente pimenta do reino preta e sal. O resto você acertou tudo. É claro que o prato sofre infinitas variações Mundo à fora, estou me referindo somente ao verdadeiro Carbonara Italiano. ABS.

    Reply
  15. Olá, achei muito importante ressaltar que a verdadeira pasta alla carbonara é feita com formaggio pecorino romano, mas acho que você pecou quanto aos ovos batido.Na verdade é usado somente as gemas, desprezando as claras.Aprendi com minha sogra e fica perfeito.Moro a dois anos aqui ba Italia e sofri muito para me habituar a comer pasta todo dia, mas a alla carbonanara é deliciosa.Parabéns pela sua receita original.Simples e verdadeira.

    Reply
    • Gostaria de agradecer a Ira e ao Geraldo que nos apontaram um erro neste receita: na verdade nós esquecemos de escrever que deve ser usado apenas 1 ovo inteiro e dos outros vem utilizado somente a gema. Iremos corrigir o mais rapidamente possivel o artigo .

      Respondendo ao invés pro Geraldo sobre o uso do alho, não existe 100% de certeza de que ele não seja realmente utilizado: digamos que não aparece na receita mais antiga, mas tudo é uma questao de gosto. Nós preferimos colocá-lo pelo sabor que da, mas principalmente porque a nossa intenção é a de adaptar receitas italianas a fim de satisfazer os gostos do povo brasileiro, sem distorcer as origens.

      Muito obrigado pelos comentários de voces, ficamos felizes em ter leitores tão cuidadosos e informados!

      Reply
      • Boa noite. Fiquei muito triste ao saber agora que a receita romana só leva um ovo inteiro, pois eu utilizei todos inteiros. A massa ficou infelizmente muita ruim.

        Reply
        • Oi Nidia, erro nosso.
          Tente de novo e vai ficar uma delicia 😉

          Reply
  16. bom dia , por acaso vi sua receita,
    concordo com tudo, mas lembro que nenhum tipo de pasta fica boa se não é fervida em água com sal ( de preferencia sal grosso, tipo churrasco).
    no item ovos fica mais gostosa usando uma media de 2 ovos inteiros cada 3 pessoas, e mexidos direitamente na panela logo depois de ter colocado o bacon com o próprio óleo (não de oliva) .
    o óleo serve para que os ovos não grudem na massa.

    Reply
    • Obrigada pelas dicas Giorgio 😉

      Reply
  17. Em qualquer receita de “alla carbonara”, a mistura com os ovos batidos nunca vai ao fogo e nunca é transferida para panela quente. O bacon frito, em tiras finas, é misturado no recipiente onde os ovos foram batidos. Um copo de água do cozimento da massa é reservado e a massa, depois de escorrida, é acrescentada aos ovos. Se ficar muito seca a mistura, acrescenta-se, aos poucos, a água reservada, para dar cremosidade.

    Reply
  18. Difícil de encontrar aqui no Brasil, mas vale citar que a pancetta italiana não é nem o bacon defumado nem a panceta crua que encontramos por aqui… mas uma versão curada da barriga de porco.

    Reply
    • Pois é Evandro, mas acho que procurando em lugares bem especializados, tipo a Eataly em Sao Paulo, voce encontra 🙂
      Abraços

      Reply
  19. Parabéns pelo site! Excelente!!! Uma dúvida: pretendo fazer essa massa p/ 10 pessoas, posso manter essa proporção indicada? Ou seja, uma gema por pessoa (total de 10 gemas mais um ovo) e 80 g de queijo por pessoa (total de 800 g). Estou com medo de ficar muito “pesado”. É isso mesmo? Obrigada.

    Reply
    • Olà Andrea,
      Grazie!!! Manthena as proporção indicada, não fica pesada.

      Buona appetito!

      Reply
  20. Obrigado, por mais esta receita, de longe foi a melhor que testei e experimentei e para mim foi eleita oficial do meu cardápio particular.

    Reply
    • Obrigado Adalberto!

      Reply
  21. Oi pessoal. Obrigada por postar essa receita. Ela fez sucesso no meu jantar de um ano de namoro! E sempre repito: fica idêntica ao que provei na Italia! Quando não acho o Pecorino, mando um Parmigiano Reggiano e fica igualmente bom! Obrigada por publicarem essa receita maravilhosa! Sucesso pra vocês!

    Reply
    • Viva a Italia, viva o Brasil!

      Reply
  22. Olá!!
    Fiz hoje pela primeira vez e adorei!! Já tinha experimentado feito por outras pessoas, mas confesso que o meu ficou melhor, acho que o creme de leite usado geralmente acaba deixando mais pesada a massa. Ficou com um gostinho especial, gostei 🙂
    Só preciso achar agora o queijo pecorino romano!! Fiz com o parmesão (sem escolha).
    Muito bom o site!! Vou começar a seguir e testar várias receitas!! Só não experimentei ainda com o vinho hehe.
    Mi piace molto la pasta!! 😉

    Reply
    • Olà Laize!
      Obrigado! O Pecorino è um pouco mais salgado.
      Testa as varias receitas da “pasta” e toma vinho (moderadamente 😉 )!

      EVVIVA LA PASTA!

      Reply
  23. Olá, primeiramente gostaria de parabenizá-los pela proposta do site, a qual achei incrível.

    Eu tentei fazer com 350g de queijo ralado, mas aí quando coloquei os 2/3 para mexer com os 5 ovos (1 ovo inteiro + 4 gemas), engrossou demais e virou uma pasta muito sólida.

    Gostaria de saber se é essa mesma quantidade de queijo ralado, ou se eu fiz algo errado?

    Obrigado

    Reply
    • Olà Caio,
      a quantitade de queijo è correcta. Ja vì no Brasil que talvez o queijo ralado nao è tan envelhecido. Vc deve utilizar aquelo seco como o nosso parmesao.

      Ciao!

      Reply
  24. Antes de tudo, adorei a receita. Fiz e deu muito certo. Seguirei o blog.

    Tive o mesmo problema de criar uma massa de parmesão e gema.no final, corrijo com 2 conchas de água que ficou no ponto.usei um mixer para fazer a mistura, me ganhou muito tempo.

    Reply
  25. Bela receita. Realmente quem coloca creme de leite em um carbonara deveria ser banido da cozinha rsrsrs

    Reply
  26. Amei o carbonara! Parabéns!!

    Reply
  27. A receita do site tem algumas diferenças daquele que tento fazer seguindo a Accademia Italiana Della Cucina. Primeira diferença que vejo é o uso de guanciale, que é mais indicado e depois a panceta bacon comum seria alternativa não faz parte da receita original. Segundo a receita original(da Academia) faz-se o uso de pecorino e parmesão e não somente parmesão além disso são 100g de queijo para 600g de massa então para a receita do post seriam cerca de 60g, quantidade de ovo são 2 em uma receita para 6 pessoas, não tem menção alguma quanto ao uso de somente gema. Um detalhe que eu vi lá é que o alho deve ser removido antes de adicionar a massa na panela.
    Eu particularmente preferia usar mais ovos para 600 g de massa, usaria 3. Eles falam para usar alho amassado e retirar na hora de adcionar o macarrão mas como tirar o alho misturado na gordura do porco? eu uso pedaços grandes que consigo retirar facilmente sem perder a deliciosa gordura suiná.

    Reply
    • Olà Bruno,
      obrigado pelo esclarecimento e os conselhos! A nossa intençao è procurar de adaptar as receitas italianas para os ingredientes disponiveis em Brasil…mas se vc encontra facilemente o guanciale e o pecorino tà certo que è bem melhor!

      Reply
  28. Por sorte abri a geladeira e tinha um queijo pecorino, segui a receita e ficou simplesmente maravilhoso !! Valeu pela receita!!!

    Reply
  29. Fiz e adorei!
    Ficou divino!
    Obrigada pelas dicas!

    Reply
  30. E não fica com um gosto acentuado de ovo? Essa seria minha unica restrição…

    Reply
    • Ola Priscila,
      nao fica muito com gosto de ovo por o queijo e o bacon…claro um pouco sim…

      Reply
  31. Olá, eu segui a receita mas não vi os comentários antes de seguir e achei mesmo uma judiação jogar tantas gemas fora mesmo. Não ficou amarelinho igual ao que comi na Itália, mas confesso que adorei! Fiz metade da receita, pois fiz só para mim. Foi uma surpresa saber que não leva creme de leite e realmente fica muito mais leve, sendo possível identificar o sabor dos ingredientes. Por favor corrijam rapidamente a questão dos ovos, é muito importante! Como um todo, gostei!

    Reply
    • Ola Elenice, a receita ja esta correcta…ante no tenia diferencia entr gemas e ovos inteiro.

      Ciao!

      Reply
  32. Parabéns por resgatarem as origens dos pratos, e também pelo conteúdo e explicação das receitas.

    Abraços,
    Lucio Silveira

    Reply
    • Grazie!

      Reply
  33. Olá gostaria de saber se é necessário escorrer a gordura do bacon ou não antes de colocar a massa.

    Reply
    • Ola Alana,
      nao escorra nada :)!
      Ciao

      Reply
    • Lembre-se. N se usa bacon q a gente conhece. Se usa guanciale, um tipo de bacon n defumado. Da bochecha do porco.

      Reply
  34. A receita é ótima e é a original romana, mas precisa de uma pequena correção. A quantidade recomendada de queijo pecorino (350 gramas, para 350 gramas de espaguete), está exagerada. Ficou com um gosto forte demais de queijo e salgado, mesmo eu tendo colocado pouquíssimo sal. Sugiro colocar, no máximo, 200 granas de queijo pecorino para 500 gramas de espaguete,

    Reply
    • Ola Salete,
      isso depende tambem da o tipo de pecorino.

      Reply
  35. Fui à Itália em abril e lá pude experimentar o verdadeiro Carbonara desde então minha esposa tem tentado fazer a receita aqui no Brasil sem sucesso, tentamos várias e agora tentaremos essa para ver se vai dar certo. Estamos com um estoque de massas que trouxemos de lá. E parabéns pelo blog.

    Reply
  36. ola bom dia obrigada pelas receitas. fiz o carbonara exatamente como sua orientação e ficou seco, meia hora depois super seco e fiquei muito chateada pois era uma reunião de amigos e familiares .

    Reply
  37. Receita maravilhosa , obrigada pela dica.

    Reply
  38. Quando se faz uma modificação na receita , ela não será mais original, ou seja, não se deve levar o nome da receita original. Se colocar creme de leite, então não é carbonara.

    Reply
  39. Olá. Vi aqui que são mais de 80 gramas de pecorino romano por pessoa, um queijo muito salgado, mais 50gr de bacon, não fica com muito sal? Pergunto porque já fiz carbonara com 50gr de bacon e 20gr de queijo meio pecorino meio parmigiano reggiano e já tinha sal hein… tenho medo de por tanto pecorino.

    Reply
  40. Sou chefe de cozinha do Berlusconi bar e grilia, restaurante típico italiano, e essa é a mesma receita que produzimos lá.
    Nossa proposta é essa, de trazer a verdadeira culinária Italiana de volta sem adaptações, nosso bolonhesa é o verdadeiro, registrado na câmara de comércio de Bolonha desde 1982, feito com carne suína e bovina, mortadela Italiana e cozido por mais de duas horas. Temos a bisteca Fiorentina, totalmente a moda de Fiorentina.
    Emfim nosso cardápio é extremamente fiel a cultura Italiana, o Marco dono do restaurante morou anos na Itália e trouxe as melhores receitas de várias regiões da Itália.

    Reply
  41. Boas dicas na receita!! Por curiosidade, em termos de originalidade, o bacon usado é a guanccialle, feito com a bochecha do porco.

    Reply
    • Sim Rodrigo, o guanciale.
      Ciao!

      Reply
  42. Adorei o blog e massa deve ficar uma delícia! Com certeza testarei a receita. Valeu!!!

    Reply
  43. Parabéns pela iniciativa. Foi difícil encontrar uma receita que não levasse creme de leite e/ou cebola.

    Reply
    • Grazie Neuton!

      Reply
  44. Eu fiz ontem com PAPARDELLE, não tinha bacon, mas usei BRÓCOLIS e CEBOLA. Usei duas gemas e PARMESÃO! Sei que não é a receita original, mas ficou ótimo para um rango às 22h depois da academia! Regras kkkk

    Reply
    • hahaha adoramos Ricardo 🙂

      Reply
  45. Fiz essa receita hoje no almoço. Segui os passos indicados e ficou uma delícia, cremosíssimo! Apenas troquei o queijo, pois não tinha o certo em casa, mas mesmo assim ficou muito bom. Fácil e delicioso! Minha família adorou. Obrigada por essa receita maravilhosa!

    Reply
    • Grazie Flavia!

      Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Santo Menu » Menu semanal – 9 a 13 de novembro - […] Espaguete à carbonara (quero testar essa receita do blog Pecado de Vinho) […]
  2. Receita Clássica: Spaghetti alla Carbonara - World Importados - […] Receita retirada do Blog: Pecado de Vinho […]

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *